ÁGUA BOA

Saúde

É amanhã – Jornada CNA debate saúde e segurança

Publicados

Saúde

Brasília (11/05/2022) A Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil promove a terceira edição da Jornada CNA – Eleições 2022, na próxima quinta (12), para debater saúde e segurança no país.

O evento será transmitido no canal do Youtube do Sistema CNA/Senar e no site https://agropelobrasil.com.br. Para assistir presencialmente no auditório da CNA, em Brasília, os interessados podem fazer a inscrição aqui.

Esse é o terceiro encontro de uma série de debates sobre temas fundamentais para o Brasil, com a participação de especialistas, políticos, lideranças e autoridades. A primeira Jornada discutiu as reformas tributária, administrativa e política. Já na segunda edição, os temas foram educação, formação e emprego.

A partir do que for debatido nesses eventos, a CNA irá formular as propostas do setor produtivo para apresentar aos candidatos à Presidência da República e aos parlamentares.

Programação – O presidente da Confederação, João Martins, fará a abertura do evento na quinta (12), que será dividido em dois painéis.

Para o painel de Saúde foram convidados a deputada federal do Partido Novo-SP, Adriana Ventura, o secretário executivo da Confederação Nacional da Saúde, Bruno Sobral, e o secretário-geral do Instituto Brasileiro das Organizações Sociais de Saúde (Ibross), Renilson Rehem. Os temas abordados serão os desafios da saúde brasileira pública e privada e os avanços da telemedicina.

Leia Também:  Água Boa volta a registrar casos de Covid; vacinação continua no município

Para o painel sobre Segurança, está confirmada a presença do delegado da Polícia Federal e ex-secretário de Segurança dos estados do Espírito Santo, Pernambuco e Goiás, Rodney Rocha Miranda, do desembargador do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo (TJSP) e professor da Escola Paulista da Magistratura, José Damião Pinheiro, e do juiz de Direito da 1ª Vara de Execuções Criminais de São Paulo, Marcelo Matias.

O objetivo do painel será debater como construir propostas estruturantes para garantir a segurança da população urbana e rural.

Serviço

Jornada CNA – Eleições 2022
Data: Quinta-feira, 12 de maio
Hora:
De 9h às 12h30
Local: Sede da CNA – SGAN 601, Módulo K
O evento será transmitido pelas redes sociais do Sistema CNA/Senar.

Assessoria de Comunicação CNA
Telefone: (61) 2109-1419
flickr.com/photos/canaldoprodutor
twitter.com/SistemaCNA
facebook.com/SistemaCNA
instagram.com/SistemaCNA
facebook.com/SENARBrasil
youtube.com/agrofortebrasilforte

Fonte: CNA Brasil

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Geral

Covid-19: em 24 horas, país teve 17.355 mil novos casos e 92 mortes

Publicados

em

O Brasil registrou, desde o início da pandemia, 664.872 mortes por de covid-19, segundo o boletim epidemiológico divulgado ontem (14) pelo Ministério da Saúde. O número total de casos confirmados da doença é de 30.682.094.

Em 24 horas, foram registrados 17.355 casos. No mesmo período, foram confirmadas 92 mortes de vítimas do vírus.

Ainda segundo o boletim, 29.718.402 pessoas se recuperaram da doença e 298.820 casos estão em acompanhamento.

Estados

Algumas unidades da federação, no entanto, não enviaram os dados relativos a sábado. São elas: Distrito Federal, Maranhão, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul (apenas óbitos), Mato Grosso, Rio de Janeiro, Roraima e Tocantins.

Considerando os dados mais recentes obtidos pelo Ministério da Saúde, São Paulo lidera o número de casos, com 5,44 milhões, seguido por Minas Gerais (3,37 milhões) e Paraná (2,48 milhões). O menor número de casos é registrado no Acre (124,9 mil). Em seguida, aparece Roraima (155,6 mil) e Amapá (160,4 mil).

Em relação às mortes, São Paulo apresenta o maior número (168.669), seguido de Rio de Janeiro (73.632) e Minas Gerais (61.410). O menor número de mortes está no Acre (2.002), Amapá (2.132) e Roraima (2.151).

Leia Também:  Covid-19: em 24 horas, país teve 17.355 mil novos casos e 92 mortes

Vacinação

Até ontem, haviam sido aplicadas 428,5 milhões de doses de vacinas contra a covid-19, sendo 176,5 milhões com a primeira dose e 157,8 milhões com a segunda dose. A dose única foi aplicada em 4,8 milhões de pessoas. Outras 82,7 milhões já receberam a dose de reforço.

Edição: Maria Claudia

Fonte: EBC Geral

ESCOLHA ABAIXO UM DOS GRUPOS DO INFORMA ARAGUAIA NO WHATSAPP, ENTRE E RECEBA NOTÍCIAS EM PRIMEIRA MÃO!

Grupo 04

Grupo 06

Grupo 07

Grupo 08

Grupo 09

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

MAIS LIDAS DA SEMANA