ÁGUA BOA

GESTÃO

Claudinei destina emendas e recebe demandas da segurança pública em Nova Monte Verde

O deputado estadual reuniu com prefeito, vereadores e representantes da segurança pública do município

Publicados

Política MT

O deputado estadual Delegado Claudinei (PL) reuniu com o prefeito Edemilson Marino (PP) e vereadores de Nova Monte Verde para formalizar as emendas parlamentares destinadas para os setores da cultura e saúde que vão beneficiar a população da cidade. Na oportunidade, o parlamentar também tratou de demandas na área de segurança pública com representantes da Polícia Militar e Civil do município.

“Só tenho que agradecer a recepção que nos foi dada. Ano passado, os vereadores pediram a emenda parlamentar de R$ 50 mil para a aquisição de instrumentos musicais para atender a área social e cultural. E hoje, com o prefeito, destinamos a emenda de R$ 150 mil para o setor da saúde, em que ele vai verificar se vai ser adquirida uma ambulância ou um veículo. E que ele nos ajude a fazer a gestão junto ao governo estadual para não haver atraso na liberação do recurso para o devido pagamento para ajudar a saúde do município”, declarou Claudinei.

Deputado com prefeito, vereadores e representantes da segurança pública

Edemilson disse que foi uma satisfação recepcionar o parlamentar e receber os recursos para Nova Monte Verde. “Sempre digo que estamos com as portas abertas para receber benefícios e trabalharmos para que a população seja atendida, indiferente de partido político. Vamos fazer essa gestão junto ao governo do Estado e acredito que vai nos atender com essas emendas. Esses recursos é um motivo de alegria e deixamos em nome da população os nossos agradecimentos”, explanou o gestor municipal.

Segurança Pública

Na oportunidade, foi apontado que a segurança pública do município apresenta várias necessidades e teve a presença do subcomandante do 3º Pelotão da Polícia Militar de Mato Grosso (PMMT), 2º Sargento Ferreira, escrivão da Polícia Judiciária Civil de Mato Grosso (PJC), Francisco Ferreira e o presidente do Conselho de Segurança Comunitária (Conseg) de Nova Monte Verde, Juvenal da Silva.

“O município é carente de policiais. Falta de servidores. O efetivo é um problema. A gente também tem carência de infraestrutura. A área de infraestrutura temos uma viatura Duster e a zona rural é muito grande. Seria preciso uma camionete. Ajudaria muito nos trabalhos. Também temos um projeto em andamento, com a parceria entre a prefeitura, Câmara de Vereadores e Conseg para instalar câmeras de monitoramento no município para ajudar no processo investigativo”, explica o 2° Sargento Ferreira.

Após a reunião, o parlamentar conheceu as estruturas do 3º Pelotão da Polícia Militar e da Delegacia de Polícia do município que também carece de pessoal.

Também, acompanharam a visita do deputado – os vereadores Silvana da Silva Maria (Patriota), Manoel Zufino da Silva (PP), Éder Fernandes da Silva – conhecido por “Éder Mineirinho” (PSB), “Zé da Baiana” (PSB), Evilázio Maltezo (Patriota), Scarlett Marina (MDB) e Francisco Antônio Sevallo (MDB).

Fonte: Samantha dos Anjos – Assessoria de Imprensa

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Política MT

Bolsonaro confirma acordo com Mendes: “Estamos fechados”

Presidente diz que inclusive conversou com desafeto de governador para “acalmar os ânimos”

Publicados

em

O presidente Jair Bolsonaro (PL) confirmou, na manhã desta sexta-feira (29), que está selado o acordo com o governador Mauro Mendes (União Brasil) para as eleições deste ano. Ambos são pré-candidatos à reeleição e se reaproximaram após críticas trocadas na pandemia da Covid-19.

Bolsonaro disse que não há mais arestas a serem aparadas entre os dois e que tudo foi combinado durante a última visita feita à Capital, há quase duas semanas. Na ocasião, ambos trocaram elogios e já tinham sinalizado que poderiam caminhar juntos na eleição.

“Havia algum atrito, o que é natural acontecer, em especial na pandemia. Estive há pouco tempo em Mato Grosso, ele [Mauro] me acompanhou e fomos para um canto: ‘Vamos tocar o barco aí? Vamos’’, disse.

“Não tem atrito entre nós agora, estamos em paz. Mato Grosso é um estado importantíssimo no Brasil e a harmonia entre eu e Mauro Mendes não interessa apenas ao Estado, mas a todo mundo. Então, estamos fechados e vamos tocar o barco”, acrescentou.

“Não tem atrito entre nós, estamos em paz.  […] Então, estamos fechados e vamos tocar o barco.”

A fala praticamente põe fim às especulações de que a direita bolsonarista possa tentar lançar um nome na disputa ao Palácio Paiaguás.

O presidente ainda salientou que a chapa terá Wellington Fagundes (PL) para a reeleição no Senado e que, da parte dele e de Mendes, tem “certeza que está tudo resolvido”.

Bolsonaro afirmou também que conversou, durante a visita relâmpago em Cuiabá, com alguns parlamentares que vão disputar a reeleição e outros que serão testados nas urnas pela primeira vez.

Opositor em MT

Ele disse, ainda, que chamou para uma conversa um de seus principais apoiadores no Estado, o deputado federal José Medeiros (PL). O parlamentar é desafeto público de Mendes.

Bolsonaro disse ter tentado “acalmar os ânimos”.

“Está tudo muito bem encaminhado, conversei com o Medeiros também num canto [e disse]: ‘Vamos todo mundo baixar a temperatura’”, afirmou.

“Estamos acertando com muita gente, está indo tudo muito bem. Que vença o melhor em Mato Grosso. E comigo e Mauro Mendes, está tudo 100%”, completou.

Fonte: Mídia News

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

MAIS LIDAS DA SEMANA