ÁGUA BOA

Polícia

Polícia Civil ministra palestras para alunos de duas escolas estaduais em São José do Rio Claro

Publicados

Polícia

Cerca de 450 alunos da rede pública de ensino de São José do Rio Claro (315 km a médio norte de Cuiabá), participaram das atividades sociais e de cunho preventivo, realizadas pela Polícia Civil do município nesta semana.

As ações aconteceram em duas escolas estaduais, sendo ministradas palestras orientativas que abordaram diversos temas, além de roda de bate-papo visando aproximar a instituição com a comunidade escolar.

A primeira palestra foi na quarta-feira (11.05), na Escola Estadual Dr. Anísio José Moreira, onde aproximadamente 250 alunos acompanharam atentamente as apresentações.

Durante o encontro os adolescentes puderam conhecer o trabalho da Polícia Civil, o seu papel e função dentro da segurança pública.

O segundo evento foi realizado nesta sexta-feira (13.05), para 200 alunos da Escola Estadual São José do Rio Claro. Nesta unidade de ensino os policiais civis conversaram sobre o tema “Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher”.

Como forma de complementar as atividades escolares foram debatidos sobre a Lei Maria da Penha, que traz os direitos garantidos pela legislação que protege as vítimas desse tipo de violência.

Leia Também:  PM prende homem que atirou em esposa e apreende arma de fogo e R$ 53 mil
Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Polícia

Polícia Civil ministra palestra preventiva em Nossa Senhora do Livramento

Publicados

em

Por

A Polícia Civil, por meio da Delegacia Especializada de Defesa da Mulher, Criança e Idoso de Várzea Grande, ministrou uma palestra na manhã desta segunda-feira (16.05), no município de Nossa Senhora do Livramento (42 km ao sul da Capital).

A ação de cunho social e preventivo aconteceu durante o evento de abertura da Semana de Combate à Violência Sexual, no Centro de Referências de Assistência Social (Cras).

A palestra foi realizada pela delegada titular da DDM de Várzea Grande, Mariell Antonini Dias, tendo como público-alvo adolescentes e profissionais do Conselho Tutelar Municipal.

Conforme a delegada o encontro foi bastante gratificante, em especial, pela oportunidade de conversar com os jovens de Livramento, e com as conselheiras tutelares e assistentes sociais.

“Durante o encontro pudemos conversar e qualificar as profissionais para saber onde buscar ajuda e quais os sinais que uma criança vítima de violência sexual pode apresentar”, destacou Mariell.

Na ocasião a delegada também explicou para os adolescentes que o corpo não pode sofrer violações, e alertou como geralmente se dá a aproximação dos agressores.

Leia Também:  Suspeito de estupro é preso em flagrante pela Polícia Civil, em hotel no norte de MT
Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

MAIS LIDAS DA SEMANA