ÁGUA BOA

Polícia

Polícia Civil cumpre 10 mandados em operação para apurar roubo de defensivos em Campo Verde

Publicados

Polícia

Dez ordens judiciais, entre mandados de prisão e busca e apreensão domiciliar, são cumpridos pela Polícia Civil, na manhã desta quinta-feira (23.06), na segunda fase da operação “Cartão Vermelho”, deflagrada pela Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO) e Delegacia de Campo Verde. 

A operação tem como alvos suspeitos identificados em investigação de roubo de defensivos em uma propriedade rural do município. As ordens judiciais foram expedidas pela 3ª Vara Criminal de Campo Verde com base nas investigações da Polícia Civil. 

Na operação, são cumpridos sete mandados de busca domiciliar, dois mandados de prisão temporária no município de Campo Verde, e um mandado de prisão temporária na Penitenciária Feminina Ana Maria do Couto May. 

O roubo

O crime ocorreu no dia 19 de março de 2022, em uma fazenda na BR 070, em Campo Verde sentido a Primavera do Leste. Na ocasião, aproximadamente 15 criminosos ,em posse de armas longas e curtas, renderam os funcionários da fazenda e subtraíram diversos defensivos agrícolas, além de antena, monitores, trator, celulares e dois veículos (um carro e uma motocicleta). 

Leia Também:  Polícia Civil prende mulher envolvido em golpe de R$ 100 mil contra vítima da Paraíba

Primeira fase

Na primeira fase da operação, deflagrada no mês de maio deste ano, foram cumpridos sete mandados de busca e apreensão domiciliar que resultaram em duas pessoas  presas em flagrante por posse ilegal de arma de fogo e munições.

Durante as buscas foram apreendidas duas armas de fogo, sendo uma pistola 9mm com 3 carregadores, e um revólver 38, além de 44 munições 9mm, seis munições 38, duas munições calibre 22, uma munição calibre 32, duas munições .40 e uma munição calibre 12.

Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Polícia

Polícia Civil prende três suspeitos por envolvimento em associação criminosa e porte ilegal de arma de fogo

Publicados

em

Por

Três suspeitos envolvidos com uma facção foram presos em flagrante pela Polícia Civil, na noite desta segunda-feira (04.07), em Tangará da Serra, por porte de arma de fogo de uso restrito, uso de documento falso e associação criminosa.

Durante uma investigação, a equipe da 1ª Delegacia de Tangará da Serra tomou conhecimento de que integrantes de uma facção criminosa, em vingança a um homicídio ocorrido no domingo, teriam jurado de morte integrantes de um grupo rival.

Os policiais passaram a acompanhar uma mulher que faria a entrega de armas de fogo que seriam utilizadas na execução de rivais. Os investigadores flagraram o momento em que a suspeita se encontrou com um criminoso no bairro Morada do Sol e deixou com ele uma arma de fogo.

Ela estava em uma camioneta S10 quando foi abordada pela equipe policial, na Avenida Ismael do Nascimento, e apreendidos dois revólveres de calibres 38 e 44. O motorista do veículo apresentou uma carteira de habilitação falsa e também foi preso.

Leia Também:  Polícia Civil prende mulher após furtar dinheiro de idoso em Diamantino

A equipe da 1ª Delegacia permaneceu acompanhando o suspeito que teria recebido a terceira arma, e quando ele se preparava para deixar sua residência foi surpreendido pelos policiais civis.

Ele tem diversos registros criminais, resistiu à prisão e tentou disparar contra os policiais, que necessitaram agir em legítima defesa. O suspeito foi socorrido pelo Samu e levado ao hospital municipal. Nenhum dos policiais ficou ferido durante a ação.

Foram apreendidas três armas de fogo e 37 munições em poder dos criminosos. Todos foram autuados em flagrante na 1ª Delegacia e depois conduzidos para unidades do Sistema Penitenciário.

Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

MAIS LIDAS DA SEMANA