ÁGUA BOA

Polícia

Indígena com mandado de prisão usa esposa como refém e é morto pela polícia

Publicados

Polícia

Na manhã desta quinta-feira(16/09) as equipes da GOTE e DEIC-Paraiso do Tocantins e da 58ª DPC-Lagoa da Confusão e a Polícia Civil da cidade de São Felix do Araguaia-MT deflagram um operação para prender Lourenço Rosemar Filho de Melo na aldeia indígena Santa Isabel do Morro na Ilha do Bananal, no estado do Tocantins. A operação teve início por volta das 06 horas quando as equipes da PCTO e PCMT se deslocaram até a referida aldeia.

Ao chegarem na residência de Lourenço e ao ver que se tratava da polícia que ficaram surpresos com a reação dele, aonde o mesmo já saiu da casa com uma arma de fogo calibre 380 apontada para a cabeça de sua companheira Domícia José Melo, usando-a como refém. Frente a tal situação, os policiais tentaram negociar com Lourenço a soltura da refém e posterior rendição, o que de nada adiantou, em razão do que foi necessário efetuar disparos visando salvaguarda-la. Tão logo após ser atingido pelos disparos efetuados pelos policiais, Lourenço foi socorrido no Hospital Municipal de São Felix do Araguaia, mas não resistiu aos ferimentos e veio a óbito.

Leia Também:  Entregador de drogas é preso com maconha e R$ 35 mil em Cuiabá

Lourenço tinha dois mandados de prisão em seu desfavor, expedido pela comarca de São Felix do Araguaia( (0002237-27.2010.8.11.0017.01.0001-14 e 0001781-43.2011.8.11.0017.01.0001-12). Além da pistola 380 municiada, a vítima ainda tinha um carregador extra e mais 9 mil reais nos bolsos, que foram apreendidos e exibidos na delegacia de São Felix do Araguaia para as providências cabíveis.

 

Segundo informações prestadas, Lourenço era umapessoa bastante conhecida na região pela periculosidade que representava, bem como por alardear que jamais se entregaria à polícia. Ademais, o mesmo era suspeito de participar de diversos crimes na região, como receptação de produtos furtados(inclusive veículos), comércio de arma de fogo, tortura e cárcere privado contra a própria família, suporte para fuga de diversos criminosos, atentou contra a vida da própria esposa e dos filhos mais velhos que não concordavam com suas ações, ameaças contra os demais membros e disparos de arma de fogo.

Ressalta-se que toda a operação foi devidamente acompanhada pelo Coordenador Técnico da Funai Araguaia Tocantins, Vicente de Paula Rodrigues de Lima.

Leia Também:  Polícia Civil e parceiros levam diversão a crianças em Campos de Júlio

As informações são da DPC de São Felix do Araguaia, expedida em uma nota assinada pelo Delegado Titular da 58ª DPC Teofabio Alves Siqueira e Artur Andrade Almeida, Delegado titular da DPC de São Felix do Araguaia.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Polícia

PM faz a prisão de suspeitos de tentativa de homicídio, sequestro e cárcere privado

Diante dos fatos narrados a polícia militar realizou a prisão dos suspeitos sendo que essa guarnição PM continuará com a diligência para encontrar os demais envolvidos

Publicados

em

A polícia militar recebeu na tarde de ontem dia 13/10/2021 uma ligação da polícia judiciária civil, informando que havia chegado na delegacia um homem relatando que ao tentar fazer um recebimento, havia visto em uma residência um jovem bastante ensanguentado e que aparentemente estaria sem vida, e ainda que, os suspeitos tentaram obrigá-lo a transportar a vítima até o Rio, esses que achavam que o jovem estaria morto e queriam se desfazerem do corpo. Tendo ele se negado a transportar a vítima naquele estado, foi ameaçado com uma arma de fogo e ainda teve suas chaves do carro e celular tomados pelos suspeitos. E que em um momento de distração a testemunha conseguiu fugir e chegar na Delegacia para pedir socorro. Momento este que o investigador da polícia judiciária civil pediu apoio a Guarnição PM para ir até o local onde a vítima foi encontrada mais que já estava sozinha, pois os suspeitos haviam fugido do local.

Então desde o momento do conhecimento dos fatos a guarnição Policial Militar fez diligências por toda Urbe incessantemente no intuito de encontrar os suspeitos, quando na data de hoje 14/10/21, após uma ligação anônima foi possível efetuar a detenção de dois dos envolvidos no ilícito, estes que alegam serem integrantes da facção denominada “Comando vermelho”,e que tudo que haviam praticado é que teriam que cobrar da vítima uma “pisada”.(havia feito algo que desagradou a facção).

Leia Também:  Polícia Civil prende homem investigado por abusos sexuais contra duas crianças em Novo Mundo

Diante dos fatos narrados a polícia militar realizou a prisão dos suspeitos sendo que essa guarnição PM continuará com a diligência para encontrar os demais envolvidos.

Fonte: Informa Araguaia com NPM COCALINHO – PMMT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

ÁGUA BOA

AGRO

MATO GROSSO

POLÍCIA

MAIS LIDAS DA SEMANA