ÁGUA BOA

MATO GROSSO

Quatro mil beneficiários do Ser Família Emergencial já fizeram a substituição do cartão

Publicados

MATO GROSSO

Em dois dias de mutirão realizado pelo Governo de Mato Grosso, cerca de 4 mil famílias de Cuiabá fizeram a substituição do cartão do Ser Família Emergencial. O auxílio emergencial beneficia 100 mil famílias em todo o Estado, que recebem R$ 200, a cada dois meses, para a compra exclusiva de alimentos.

A substituição do cartão é necessária para que as famílias continuem recebendo o auxílio. O mutirão segue até o dia 20 de maio, em Cuiabá. 

O programa foi idealizado pela primeira-dama de Mato Grosso, Virginia Mendes, e é realizado pela Secretaria de Estado de Assistência Social e Cidadania (Setasc).  A secretária da Setasc, Rosamaria Carvalho, explica que, nesta sexta-feira (13.04), segundo dia de mutirão, foi bem tranquilo. “Os beneficiários podem ficar tranquilos que atenderemos todos que procurarem a Setasc”.

Em posse do novo cartão, o usuário já poderá adquirir produtos em estabelecimentos credenciados. O valor pago é referente ao pagamento do mês de abril. A partir do mês de junho, o benefício passa a ser depositado normalmente no dia 8, bimestralmente. A lista com os estabelecimentos credenciados já está disponível no site da Setasc. 

Leia Também:  Operação fiscaliza 128 veículos e prende nove pessoas por embriaguez ao volante em Cuiabá

Para fazer a troca do cartão é necessário que o beneficiário compareça na sede da Setasc e apresente um documento com foto. 

Os beneficiários dos demais municípios devem procurar as Secretarias Municipais de Assistência Social, que são parceiras do Estado, para saber o cronograma de entrega dos cartões. 

Serviço

A sede da Setasc está localizada na Rua Jornalista Amaro Figueiredo Falcão, nº 503, bairro CPA 1, em Cuiabá (ao lado do supermercado Comper). 

Mais informações podem ser obtidas pelo e-mail [email protected] ou pelos telefones: (65) 3613-5701; (65) 3613-5722; (65) 99233-0817; (65) 99339-7468; e (65) 98433-0386. 

É possível também tirar dúvidas pelas redes sociais da Setasc: instagram.com/setascmt ou facebook.com/setascmt

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

MATO GROSSO

Segunda-feira (16): Mato Grosso registra 736.597 casos e 14.906 óbitos por Covid-19

Publicados

em

Por

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde desta segunda-feira (16.05), 736.597 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 14.906 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado.

Dos 736.597 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 243 estão em isolamento domiciliar e 720.929 estão recuperados.

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 12 internações em UTIs públicas e 16 em enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está em 14,43% para UTIs adulto e em 3% para enfermaria adulta.

Dentre os dez municípios com maior número de casos de Covid-19 estão: Cuiabá (132.861), Várzea Grande (53.051), Rondonópolis (44.242), Sinop (33.843), Tangará da Serra (23.331), Sorriso (23.073), Lucas do Rio Verde (22.658), Primavera do Leste (21.821), Cáceres (16.816) e Alta Floresta (16.339).

A lista detalhada com todas as cidades que já registraram casos da Covid-19 em Mato Grosso pode ser acessada por meio do Painel Interativo da Covid-19, disponível neste link.

Cenário Nacional

Leia Também:  Inquérito eletrônico integrado alcança 200 mil procedimentos enviados à Justiça

No domingo (15.05), o Governo Federal confirmou o total de 30.688.390 casos da Covid-19 no Brasil e 664.918 óbitos oriundos da doença. Até o fechamento deste material, o Ministério da Saúde não divulgou os dados atualizados desta segunda-feira (16.05).

Recomendações

Já existem vacinas para prevenir a infecção pelo novo coronavírus, mas ainda é importante adotar algumas medidas de distanciamento e biossegurança.

Os sites da SES e do Ministério da Saúde dispõem de informações oficiais acerca da Covid-19. A orientação é de que não sejam divulgadas informações inverídicas, pois as notícias falsas causam pânico e atrapalham a condução dos trabalhos pelos serviços de saúde.

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo vírus. Entre as medidas estão:

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;

– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;

Leia Também:  Governo de MT leva desenvolvimento a Primavera do Leste com investimento de R$ 110,1 milhões

– Evitar contato próximo com pessoas doentes;

– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;

– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

MAIS LIDAS DA SEMANA