ÁGUA BOA

Esportes

Treinadores campeões olímpicos serão homenageados em festa do COB

Publicados

Esportes


O Comitê Olímpico do Brasil (COB) anunciou nesta terça-feira (30) que escolheu seis técnicos campeões na Olimpíada do Japão para receberem o Prêmio Brasil Olímpico 2021: Fernando Possenti (maratonas aquáticas), Francisco Porath (ginástica artística), Javier Torres (vela), Lauro Souza (canoagem velocidade) e Mateus Alves (boxe) nas individuais e André Jardine (técnico da seleção brasileira de futebol) nas modalidades coletivas

Eles receberão os troféus na cerimônia que será realizada na festa de gala do esporte brasileiro, no dia 7 de dezembro no Teatro Tobias Barreto, em Aracaju. Nas modalidades individuais, os homenageados trabalharam lado a lado com os campeões olímpicos Hebert Souza, Ana Marcela Cunha, Isaquias Queiroz, Rebeca Andrade, Martine Grael e Kahena Kunze.

Leia Também:  Aline Rocha é bronze na Copa do Mundo de esqui cross-country na Suécia

Além dessa homenagem, a 22ª edição do Prêmio Brasil Olímpico terá outros destaques. A histórica campanha do Time Brasil na capital japonesa, com 21 medalhas (sete ouros, seis pratas e oito bronzes), será lembrada. Os medalhistas receberão troféus especiais. Além disso, existe a modalidade Melhor Atleta do Ano com Ana Marcela Cunha, Rayssa Leal e Rebeca Andrade concorrendo no feminino e Hebert Conceição, Isaquias Queiroz e Italo Ferreira disputando no masculino.

No total 20 atletas concorrerão também ao prêmio Atleta da Torcida: Alison Santos (atletismo), Ana Marcela Cunha (maratonas aquáticas), Beatriz Ferreira (boxe), Bruno Fratus (natação), Darlan Romani (atletismo), Douglas Souza (vôlei), Fernanda Garay (vôlei), Formiga (futebol), Gabriel Medina (surfe), Hebert Souza (boxe), Isaquias Queiroz (canoagem velocidade), Ítalo Ferreira (surfe), Kahena Kunze (vela), Martine Grael (vela), Mayra Aguiar (judô), Pedro Barros (skate), Rayssa Leal (skate), Rebeca Andrade (ginástica artística), Robert Scheidt (vela), Rosamaria Montibeller (vôlei). A votação segue aberta na internet e se encerra no dia 7.

Edição: Fábio Lisboa

Leia Também:  Aline Rocha é bronze na Copa do Mundo na Suécia

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Esportes

Na volta ao circuito mundial, Rafaela Silva é ouro em Portugal

Publicados

em

Por


A brasileira Rafaela Silva foi campeã do Grand Prix de Almada, em Portugal, na categoria até 57 kg nesta sexta-feira (28). Esse foi o primeiro ouro da campeã olímpica em 2016 dentro do Circuito Mundial desde que ela retornou da suspensão de dois anos por doping.

O retorno da atleta aos torneios havia ocorrido no final da temporada de 2021. Na primeira competição internacional depois de retornar as disputas, em novembro de 2021, Rafaela havia sido eliminada na primeira luta no Azerbaijão. Ela já tinha conquistado também o Mundial Militar em 2021, mas o torneio não faz parte do Circuito Mundial da modalidade.

Na decisão do ouro, nesta sexta-feira, a carioca passou pela holandesa Pleuni Cornelisse por ippon. Ao subir no lugar mais alto do pódio, ela somou 700 pontos no ranking mundial. Na campanha que culminou com o ouro, Rafaela passou pela suíça Evelyne Tschopp, a tcheca Vera Zemanova e a sul-coreana Eunsong Park antes da final.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Pequim 2022 alivia restrições contra covid-19 para os Jogos de Inverno
Continue lendo

ÁGUA BOA

AGRO

MATO GROSSO

POLÍCIA

MAIS LIDAS DA SEMANA