ÁGUA BOA

Esportes

Juventude bate Bragantino e respira mais aliviado na Série A

Publicados

Esportes


O Juventude venceu o Bragantino por 1 a 0, na noite desta terça-feira (30) no estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul, na Serra Gaúcha. O jogo foi válido pela 35ª rodada do Brasileiro.

O único gol da partida saiu dos pés do centroavante Ricardo Bueno. O camisa 9 da equipe da casa acabou sendo o nome do jogo. Aos 37 minutos da etapa inicial ele teve a chance de converter um pênalti que foi assinalado com auxílio do VAR (árbitro de vídeo), mas acabou cobrando mal e mandando para fora. Porém, aos 44 do primeiro tempo, ele acertou um chute forte e rasteiro de longe para vencer o goleiro Cleiton e definir o placar da partida.

Com esse resultado, o Juventude respirou um pouco mais aliviado na briga contra o rebaixamento. Chegou aos 43 pontos e subiu três posições, passando a ocupar o 14º lugar. Mesmo perdendo, o Bragantino seguiu em 5º com 53 pontos. A próxima partida do time gaúcho será na sexta-feira (3) contra o Fortaleza fora de casa. Já o Bragantino pega o Atlético-MG no domingo (5) no Mineirão.

Leia Também:  Atleta de Água Boa vence luta contra lutador de Goiás em Goiânia

Rebaixamento do Sport

Se para o Juventude o resultado trouxe alívio, para o Sport ele representou o rebaixamento para a Série B. Assim, o Leão se torna o segundo time a cair na atual edição do Campeonato Brasileiro, após a queda da Chapecoense.

* Atualizado às 21h28 com a informação do rebaixamento do Sport.

Edição: Fábio Lisboa

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Esportes

Na volta ao circuito mundial, Rafaela Silva é ouro em Portugal

Publicados

em

Por


A brasileira Rafaela Silva foi campeã do Grand Prix de Almada, em Portugal, na categoria até 57 kg nesta sexta-feira (28). Esse foi o primeiro ouro da campeã olímpica em 2016 dentro do Circuito Mundial desde que ela retornou da suspensão de dois anos por doping.

O retorno da atleta aos torneios havia ocorrido no final da temporada de 2021. Na primeira competição internacional depois de retornar as disputas, em novembro de 2021, Rafaela havia sido eliminada na primeira luta no Azerbaijão. Ela já tinha conquistado também o Mundial Militar em 2021, mas o torneio não faz parte do Circuito Mundial da modalidade.

Na decisão do ouro, nesta sexta-feira, a carioca passou pela holandesa Pleuni Cornelisse por ippon. Ao subir no lugar mais alto do pódio, ela somou 700 pontos no ranking mundial. Na campanha que culminou com o ouro, Rafaela passou pela suíça Evelyne Tschopp, a tcheca Vera Zemanova e a sul-coreana Eunsong Park antes da final.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Aline Rocha é bronze na Copa do Mundo de esqui cross-country na Suécia
Continue lendo

ÁGUA BOA

AGRO

MATO GROSSO

POLÍCIA

MAIS LIDAS DA SEMANA