ÁGUA BOA

Esportes

Corinthians atropela Santos e abre boa vantagem na Copa do Brasil

Publicados

Esportes

O Corinthians abriu ótima vantagem no confronto diante do Santos pelas oitavas de final da Copa do Brasil. Nesta quarta-feira (22), o Timão goleou o Peixe por 4 a 0 na Neo Química Arena, em São Paulo, no duelo de ida do confronto que vale um lugar nas quartas de final. Foi a primeira vitória corintiana em um clássico na temporada.

O Alvinegro da capital paulista avança à próxima fase mesmo se perder por três gols de diferença no jogo de volta, marcado para o dia 13 de julho, outra quarta-feira, às 21h30 (horário de Brasília), na Vila Belmiro, em Santos (SP). O Peixe necessita vencer por cinco ou mais gols no tempo normal para se classificar. Se o Alvinegro Praiano igualar o placar agregado, a vaga será definida nos pênaltis.

O duelo serviu, também, como prévia do clássico entre ambos pelo Campeonato Brasileiro. As duas equipes voltam a se encarar neste sábado (25), às 19h, outra vez na Neo Química Arena, pela 14ª rodada.

Leia Também:  Libertadores: Fortaleza joga bem, mas não passa de empate no Castelão

O Santos foi melhor nos primeiros dez minutos do clássico. A partir daí, o Corinthians dominou as ações da etapa inicial. Aos 19 minutos, o lateral Lucas Piton recebeu do atacante Willian e cruzou pela esquerda. A bola atravessou parte da área e o meia Gustavo Mantuan apareceu para concluir de primeira e abrir o placar.

Aos 27, Willian lançou Fagner pela direita. O lateral achou o volante Du Queiroz, que finalizou no meio da área. O chute desviou no meia Giuliano e foi para as redes do goleiro João Paulo. Amplamente superior, o Timão fez o terceiro aos 42 minutos, com o zagueiro Raul Gustavo, de cabeça, após escanteio batido por Willian.

No segundo tempo, o Corinthians diminuiu o ritmo, mas continuou mais perigoso. Aos 11 minutos, o árbitro Marcelo de Lima Henrique deu pênalti do zagueiro Kayky em Róger Guedes, mas voltou atrás ao revisar o lance e perceber a simulação do atacante. O mesmo VAR, porém, recomendou a expulsão de Vinícius Zanocelo cinco minutos depois, após disputa com Lucas Piton. Após analisar a jogada no vídeo, o árbitro entendeu que o volante acertou uma cotovelada no lateral e deu cartão vermelho ao santista.

Leia Também:  Coritiba derrota Fortaleza com gol nos acréscimos

Com um a menos, o Peixe se lançou ao ataque para diminuir o prejuízo, sem grandes riscos para o Corinthians. O Timão, por sua vez, ainda conseguiu aumentar a fatura com Giuliano. Aos 31 minutos, o meia ficou com a sobra de um escanteio e concluiu próximo à marca do pênalti, livre de marcação, definindo o marcador na Neo Química Arena.

Edição: Fábio Lisboa

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Esportes

PSG contrata Galtier como técnico, horas após demitir Pochettino

Publicados

em

Por

O Paris Saint-Germain (PSG) oficializou nesta terça-feira (5) a contratação do técnico Christophe Galtier, poucas horas após a demissão do treinador Maurício Pochettino. O anúncio foi feito por Nasser al-Khelaifi,  presidente do clulbe parisiense, atual campeão francês. Ele assinou contrato de duas temporadas, com término em 30 de junho de 2024.  O treinador francês, de 55 anos, comandou o Nice até o mês passado, com o qual foi vice-campeão da Copa da França, e quinto colocado no campeonato nacional. 

Galtier substituirá Pochettino, demitido nesta manhã, após 18 meses no comando do PSG. O técnico argentino conduziu  o clube parisiense na conquista dos títulos francês (temporada 2021/22) e da Copa  da França (2020/21).  Com um elenco de craques – Kylian Mbappé, Neymar e Lionel Messi – Pochettino somou 55 vitórias, 15 empates e 14 derrotas, em 84 jogos disputados.  

Leia Também:  Com três jogadores a menos, São Paulo derrota Universidad Católica

No entanto, o PSG segue sem o principal título continental – a Liga dos Campeões – desde a compra do clube pelo Qatar Sports Investiment, em 2011. De lá para cá, o PSG, faturou oito títulos nacionais, foi vice da LIga dos Campeões de 2020/21 e na última edição (2021/22) foi eliminado nas oitavas de final pelo Real Madrid,  que na sequência conquistou a taça.

* Com informações da Reuters 

Edição: Cláudia Soares Rodrigues

Fonte: EBC Esportes

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

MAIS LIDAS DA SEMANA