ÁGUA BOA

Esportes

Brasileira leva bronze em etapa da Copa do Mundo de paraescalada

Publicados

Esportes

A paulista Marina Dias conquistou, nesta quarta-feira (22), a medalha de bronze na etapa de Innsbruck (Áustria) da Copa do Mundo de paraescalada. Foi a segunda vez que a brasileira de 39 anos foi ao pódio no circuito mundial da modalidade. Quando estreou em competições internacionais, em maio, ela conquistou o ouro em Salt Lake City (Estados Unidos).

Marina compete na classe RP3, a de menor comprometimento entre as voltadas a atletas com deficiências que impactam alcance e força. A paulista de Taubaté (SP) convive há 13 anos com a esclerose múltipla, que afeta o lado esquerdo do corpo.

Em Innsbruck, ela ficou atrás da britânica Leanora Volpe (ouro), atual vice-campeã mundial, e da alemã Rosalie Schaupert (prata), que havia ficado na terceira colocação em Salt Lake City. A final reuniu quatro das 14 escaladoras que disputaram a categoria.

A paraescalada também é praticada por atletas com limitações nos membros inferiores (AL) e superiores (AU) e deficiência visual (B). As classes possuem subcategorias, nas quais os escaladores são distribuídos, conforme o grau do comprometimento.

Leia Também:  Duda Sampaio e Natascha defenderão Brasil na Copa América Feminina

Marina concilia os treinos com a carreira de professora no Instituto de Ciência e Tecnologia (ICT) da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), na vizinha São José dos Campos (SP). A paulista foi a primeira brasileira a disputar um evento internacional na paraescalada.

Para competir em Salt Lake City e Innsbruck, ela custeou as viagens com auxílio de uma bolsa da prefeitura de Taubaté, de apoio ao esporte amador, além de recursos próprios. Antes da ida à Áustria, a brasileira fez uma vaquinha on-line para ajudar a arrecadar fundos. As inscrições foram bancadas pela Associação Brasileira de Escalada Esportiva (ABEE).

A paraescalada não está na Paralimpíada, mas pode integrar o maior evento do paradesporto mundial a partir dos Jogos de 2028, em Los Angeles (Estados Unidos). Em entrevista à Agência Brasil, em fevereiro, o presidente do Comitê Paralímpico Internacional (IPC, sigla em inglês), Andrew Parsons, destacou o sucesso de modalidades como surfe, skate e da própria escalada na Olimpíada de Tóquio (Japão).

Edição: Fábio Lisboa

Leia Também:  Brasil derrota Uruguai pelas Eliminatórias para a Copa do Mundo

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Esportes

PSG contrata Galtier como técnico, horas após demitir Pochettino

Publicados

em

Por

O Paris Saint-Germain (PSG) oficializou nesta terça-feira (5) a contratação do técnico Christophe Galtier, poucas horas após a demissão do treinador Maurício Pochettino. O anúncio foi feito por Nasser al-Khelaifi,  presidente do clulbe parisiense, atual campeão francês. Ele assinou contrato de duas temporadas, com término em 30 de junho de 2024.  O treinador francês, de 55 anos, comandou o Nice até o mês passado, com o qual foi vice-campeão da Copa da França, e quinto colocado no campeonato nacional. 

Galtier substituirá Pochettino, demitido nesta manhã, após 18 meses no comando do PSG. O técnico argentino conduziu  o clube parisiense na conquista dos títulos francês (temporada 2021/22) e da Copa  da França (2020/21).  Com um elenco de craques – Kylian Mbappé, Neymar e Lionel Messi – Pochettino somou 55 vitórias, 15 empates e 14 derrotas, em 84 jogos disputados.  

Leia Também:  Brasil derrota Uruguai pelas Eliminatórias para a Copa do Mundo

No entanto, o PSG segue sem o principal título continental – a Liga dos Campeões – desde a compra do clube pelo Qatar Sports Investiment, em 2011. De lá para cá, o PSG, faturou oito títulos nacionais, foi vice da LIga dos Campeões de 2020/21 e na última edição (2021/22) foi eliminado nas oitavas de final pelo Real Madrid,  que na sequência conquistou a taça.

* Com informações da Reuters 

Edição: Cláudia Soares Rodrigues

Fonte: EBC Esportes

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

MAIS LIDAS DA SEMANA