ÁGUA BOA

Educação

Seduc promove fórum para debater a Política de Educação Escolar Indígena

Publicados

Educação

A Secretaria de Estado de Educação (Seduc-MT), realiza nos dias 28 e 29 de junho, no Hotel Fazenda Mato Grosso, em Cuiabá, o Fórum de Educação Escolar Indígena. O objetivo é dialogar e deliberar sobre as Políticas Públicas para a Educação Indígena que atenda as especificidades das etnias que frequentam as 71 escolas de educação indígena em Mato Grosso.

Promovido por meio da Superintendência de Diversidades, ligada à Secretaria Adjunta de Gestão Educação (Sage), o fórum terá painéis de debates sobre diversos temas.

Entre as apresentações estarão os recursos humanos das escolas estaduais Indígenas, o papel das Diretorias Regionais de Educação (DREs) na gestão administrativa e pedagógica das escolas indígenas, infraestrutura específica e diferenciada, territórios etnoeducacionais pactuados e modelos de atendimento.

O evento vai contar com a participação de, aproximadamente, 160 pessoas. “Vamos receber setenta diretores de escolas, vinte e seis conselheiros indígenas, além de outros atores ligados ao tema em diversos municípios”, disse Lúcia Santos, superintendente de Diversidade da Seduc.

A Seduc também espera a participação de representantes do Conselho Estadual de Educação Indígena (CEEI) e das 15 Diretorias Regionais de Educação (DREs), além de instituições parceiras.

Segundo o secretário de Estado de Educação, Alan Porto, a realização do fórum é a prova de que a Seduc respeita a autonomia dos povos indígenas sobre a questão. “Educação se faz com diálogo e com a educação indígena não é diferente. Buscamos o diálogo entre todos os lados”, compara.

Ele observa que a educação indígena é complexa do ponto de vista pedagógico, gerencial e de infraestrutura, exigindo proatividade e tomadas de decisões coletivas em todas as questões. “Em toda a rede temos mil e onze professores envolvidos e mais de doze mil alunos matriculados entre o Ensino Fundamental, Ensino Médio e Educação de Jovens e Adultos”.

Através da Educação Escolar Indígena, estes povos têm acesso a um conjunto de conhecimentos, no entanto, sem perder as características tradicionais de sua organização social, crenças e hábitos, bem como memórias e histórias constituídas no decorrer do tempo. “Oferecemos aos estudantes todas as condições para estarem em contato com as tradições buscando sua valorização, promoção e preservação, sem perder de vista a Base Nacional Comum Curricular”, definiu Alan Porto.

Sob supervisão de Rui Matos.

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

ÁGUA BOA

Vereador Cesinha e Senador Wellington Fagundes anunciam grande marco na educação superior de Água Boa

O Reitor do IFMT, Prof. Júlio César dos Santos, estará presente no ato e convida a todos para participarem

Publicados

em

Nesta segunda-feira (27), o presidente da Câmara Municipal de Água Boa, vereador Luis César de Lara Pinto Filho, ‘Cesinha’/PL, anunciou ao lado do Senador Wellington Fagundes, a cerimônia de assinatura do termo de cooperação entre o Instituto Federal de Mato Grosso – IFMT e a Prefeitura Municipal de Água Boa, que será realizada no dia 1o de julho de 2022, às 9h00 na Câmara Municipal.

O Reitor do IFMT, Prof. Júlio César dos Santos, estará presente no ato e convida a todos para participarem deste momento tão importante para a educação superior do município.

Fonte: Assessoria

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

MAIS LIDAS DA SEMANA