ÁGUA BOA

RIXA

Pai, filho menor e mulher se envolvem em rixa em Água Boa e são conduzidos para delegacia

Foi dado voz de prisão ao suspeito e este tentou se desvencilhar da busca pessoal a todo momento.

Publicados

ÁGUA BOA

Reprodução

ÁGUA BOA – Mulher, pai e filho menor, se envolveram em uma rixa em uma distribuidora de bebidas no Centro da cidade, e durante abordagem da Polícia Militar, os suspeitos xingaram, tentaram agredir e desmoralizaram os policiais.

O caso aconteceu por volta das 01h50 de hoje, sexta-feira (28).

A Polícia Militar no local, identificou vários veículos em alto volume sonoros, ocasionando algazarras e perturbação do sossego a vizinhança.

No momento da chegada da PM, a rixa já havia sido finalizada, porém algumas pessoas que estavam na distribuidora de bebidas se encontravam discutindo verbalmente.

Durante a abordagem de um veículo, de marca gol e cor branca, por estar com o som em alto volume, foi avistado pelos policiais, que as pessoas que se encontravam discutido começaram a se empurrar e trocar socos e chutes. Na tentativa de conter a briga, os policiais foram ofendidos verbalmente por um dos suspeitos, de 41 anos, proferindo vários xingamentos, palavras de baixo calão e criticando a PM.

Na tentativa de abordar o homem, ele tentou reagir a abordagem com gestos e falas ofensivas, dizendo que não iria colocar a mão sobre a cabeça, porque não era bandido, e criticou novamente a PM, desta vez a de Água Boa.

Leia Também:  Estão abertas as inscrições para escolha da rainha da 29ª Expovale

Foi dado voz de prisão ao suspeito e este tentou se desvencilhar da busca pessoal a todo momento.

Sendo assim, ele, foi informado que se continuasse a resistir a abordagem seria utilizado métodos menos que letais, como a munição de antimotim (borracha).

Durante a contenção do suspeito de 41 anos, o filho dele, de 17 anos, tentou intervir na abordagem, xingando os policiais militares, além de tentar agredir um dos policiais pelas costas e desobedecer a abordagem policial. Desta vez, uma mulher, de 20 anos, começou também a xingar um dos policiais.

Durante a condução dos suspeitos, populares informaram que tanto o menor quanto seu pai, estariam envolvidos na rixa que aconteceu momentos antes da chegada da PM.

A mulher também foi conduzida junto com os demais suspeitos até a Delegacia da Polícia Judiciária Civil, e agora permanecem a disposição da justiça.

Fonte: Notícias Interativa FM

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

ÁGUA BOA

Casal limpa quintal e usa fogo, que atinge marcenaria do vizinho; PMs salvam o prédio

Cabe salientar que colocar fogo em podas de árvores ou mesmo folhas em quintais de residências é prática proibida pela legislação

Publicados

em

ÁGUA BOA – No começo da noite deste domingo, populares chamaram a Polícia Militar informando que uma casa na Rua D-5 do bairro Guarujá Expansão estava em chamas.

Quando os policiais militares chegaram, constaram que o fogo tinha iniciado e ainda podia ser combatido, desde que fossem utilizadas técnicas adequadas.

Policiais militares utilizaram toalhas de banho para abafar as chamas menores. Uma mangueira emprestada por um vizinho foi utilizada para molhar as partes mais altas da casa.

Após controlar as chamas, o proprietário disse que o local é utilizado como marcenaria, sendo que algumas máquinas tiveram danos por causa do incêndio. O proprietário disse que não sabia a origem do fogo.

Um casal vizinho, porém, informou aos policiais que havia colocado fogo em algumas folhas de coqueiros e podas de árvores, para limpar o quintal. Depois disso, o casal foi cuidar de outros afazeres.

No entanto, em seguida, eles perceberam que o fogo atingiu a casa vizinha, e correram para lá para tentar ajudar a controlar o incêndio. Os PMs registraram o BO.

Leia Também:  Estão abertas as inscrições para escolha da rainha da 29ª Expovale

Cabe salientar que colocar fogo em podas de árvores ou mesmo folhas em quintais de residências é prática proibida pela legislação, justamente pelo perigo que proporciona em época de estiagem.

Fonte: Noticias Interativa FM

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

MAIS LIDAS DA SEMANA