ÁGUA BOA

ÁGUA BOA

INÉDITO – UTI covid-19 do Hospital Regional Paulo Alemão de Água Boa já está a 72h vazia

Foi na última sexta feira (15), quando os dois últimos pacientes receberam alta da UTI e retornaram para casa.

Publicados

ÁGUA BOA

Uma ótima notícia que circula nos corredores do Hospital Regional Paulo Alemão em Água Boa, merece destaque por sua significância e traz um alívio que merece ser compartilhado.

Por tantas vezes, a covid-19 fez com que famílias vivessem momentos de tensão e dor, com a internação e perda de familiares ou amigos, ou a alegria, com a recuperação e consequentemente a alta hospitalar.

Por vezes, histórias que ficaram no passado, mas que de uma forma ou de outra deixaram sequelas.

Desde setembro de 2020, data em que a UTI covid-19 do Hospital Regional iniciou os atendimentos para a população dos municípios que compõe o Consórcio Intermunicipal de Saúde do Médio Araguaia, pela primeira vez, o setor chega a 72 horas sem a  ocupação de leitos, isto é, os leitos estão vazios.

Foi na última sexta feira (15), quando os dois últimos pacientes receberam alta da UTI e retornaram para casa.

Uma outra boa notícia, repassada pelo Secretário Executivo do Hospital Regional Rafael Salamoni, ao  Olho no Araguaia, é que a enfermaria da ala covid, a cerca de 30 dias não recebe pacientes.

Leia Também:  Água Boa volta a registrar casos de Covid; vacinação continua no município

São informações de destaque, que de certa forma tranquilizam a população, e que sem dúvida alguma, demonstran que a vacina esta dando resultado, porém, é importante que as pessoas ainda continuem mantendo os cuidados devidos sobre a pandemia.

Fonte/Créditos: Olho no Araguaia

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

ÁGUA BOA

Casal limpa quintal e usa fogo, que atinge marcenaria do vizinho; PMs salvam o prédio

Cabe salientar que colocar fogo em podas de árvores ou mesmo folhas em quintais de residências é prática proibida pela legislação

Publicados

em

ÁGUA BOA – No começo da noite deste domingo, populares chamaram a Polícia Militar informando que uma casa na Rua D-5 do bairro Guarujá Expansão estava em chamas.

Quando os policiais militares chegaram, constaram que o fogo tinha iniciado e ainda podia ser combatido, desde que fossem utilizadas técnicas adequadas.

Policiais militares utilizaram toalhas de banho para abafar as chamas menores. Uma mangueira emprestada por um vizinho foi utilizada para molhar as partes mais altas da casa.

Após controlar as chamas, o proprietário disse que o local é utilizado como marcenaria, sendo que algumas máquinas tiveram danos por causa do incêndio. O proprietário disse que não sabia a origem do fogo.

Um casal vizinho, porém, informou aos policiais que havia colocado fogo em algumas folhas de coqueiros e podas de árvores, para limpar o quintal. Depois disso, o casal foi cuidar de outros afazeres.

No entanto, em seguida, eles perceberam que o fogo atingiu a casa vizinha, e correram para lá para tentar ajudar a controlar o incêndio. Os PMs registraram o BO.

Leia Também:  Casal limpa quintal e usa fogo, que atinge marcenaria do vizinho; PMs salvam o prédio

Cabe salientar que colocar fogo em podas de árvores ou mesmo folhas em quintais de residências é prática proibida pela legislação, justamente pelo perigo que proporciona em época de estiagem.

Fonte: Noticias Interativa FM

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

MAIS LIDAS DA SEMANA